Gramado: planeje sua viagem pós-pandemia


Compartilhar Compartilhar


Fazer uma viagem a Gramado é o sonho de muita gente. Com a impossibilidade no momento, uma das melhores opções para quem adora conhecer novos destinos é planejar o roteiro a ser cumprido assim que a situação permitir. Por mais que haja algumas dificuldades em precisar certas informações em função da imprevisibilidade da pandemia, há questões que podem ser definidas com bastante antecedência, sem qualquer prejuízo futuro. Além disso, uma breve pesquisa poupará seu tempo na hora de colocar o objetivo em prática. 

A partir de hoje começaremos a publicar uma série de artigos cujo objetivo é ajudar os turistas a planejarem os próximos passos, iniciando por Gramado (RS). Considerada o 4º destino em alta do mundo, segundo o Travellers’ Choice 2020, do TripAdvisor, a cidade das hortênsias é endereço de alguns empreendimentos Golden e costuma receber aproximadamente 3 milhões de pessoas todos os anos. Fique por dentro dos detalhes e deixe tudo alinhado para quando puder visitar a Serra Gaúcha.

Roupas
Todo mundo sabe que o sul do Brasil é a parte mais fria do país. A temperatura média de Gramado é de 16º C. Entre maio e agosto, porém, ela chega a ficar abaixo dos 10º C, podendo registrar temperaturas negativas, geada e neve. Por isso, confira se o seu guarda-roupa está bem abastecido de casacos, jaquetas, agasalhos, blusões e moletons. Dependendo do mês de viagem, cachecóis serão artigo obrigatório. Faça uma lista do que falta ou precisa ser renovado para não ser pego de surpresa. 

Meios de transporte
Por ser a cidade turística mais famosa do Rio Grande do Sul, muitos criam a ilusão de que Gramado é próxima à Porto Alegre. Não é bem assim. Gramado está a mais de 100 km da capital. Por isso, quem desembarcar no Aeroporto Salgado Filho pode escolher entre alugar um carro, pegar um ônibus, táxi, Uber ou transfer privativo. Cada uma das opções oferecem vantagens próprias. Quem quiser subir a Serra Gaúcha enquanto aproveita a paisagem, por exemplo, pode dirigir e escolher a rota que bem desejar. Já a opção mais econômica é o bom e velho transporte de ônibus.

Atrativos
Em Gramado, é fácil ter para onde ir. Difícil é escolher, tamanhas são as opções. Por isso, filtrar previamente os pontos turísticos que vai visitar ajuda bastante na organização do roteiro. Entre as opções imperdíveis estão o Lago Negro, a Fonte do Amor Eterno, o Mini Mundo e a Rua Coberta. O chocolate e o fondue de Gramado, também são de cartilha. Anote quais são as paradas obrigatórias por ordem de prioridade. Assim, é possível garantir uma forma segura de conhecer pelo menos aqueles lugares que tem mais vontade.

Essas são apenas algumas dicas de planejamento prévio, mas você pode ir além, formando, por exemplo, um fundo de reserva financeira destinado à sua jornada. Que tal?